Peregrinar neste blogue

2005-09-23

Um amor e uma cabana

Uma vez estava um par de namorados muito derretidos um com o outro, quando ele se vira para ela e lhe diz - Vamos casar, meu amor. Eu amo-te tanto que não consigo estar sem ti nem um segundo. Vamos casar; diz-me que aceitas.
- Oh meu amor, ninguem quer isso mais do que eu, mas nós casamos e vamos viver de quê? Estamos os 2 desempregados. teriamos de sair de casa dos pais, ter encargos...diz-me, vamos viver de quê?
- Querida, eu não preciso de nada. Só de ti. Eu só de olhar para ti fico saciado.

E lá casaram...
Passado algum tempo (não foi preciso muito) eles estavam em casa, e ela depara-se com ele a vascular pelas gavetas.
- Que procuras amor?
- Aguma coisa que se coma...um pão bolorento, umas migalhas, qualquer coisa.
- Oh querido, então não me disseste que só de olhar para mim ficarias saciado? Que não precisavas de mais nada?
- Nem me digas nada. Estou com tanta fome que nem te vejo.

7 comentários:

Squeezy disse...

lol...pois assim é mais complicado..hehe

paper life disse...

ahahahahah
Bj

lazuli disse...

assim até vale a pena acordar de madrugada. Fica-se logo bem disposto...

TMara disse...

Lol*** Bom domigo. Bjs e ;)

Fil disse...

Bem eu ja sou descrente na palavra amor e agora vou passar a ser na, casamento ... lol

Caracolinha disse...

Um amor e uma cabana não é ????

Um must ~:o)

Dilbert disse...

Grande conto que aqui nos trouxeste... tem tanto de "hilariante" quanto de sabedoria... só por si o Post diz tudo... mas uma coisa é certa... é uma sensação incrível quando estamos cegos e alheados de um qualquer "pormenor"... faz parte...