Peregrinar neste blogue

2006-02-22

Blogues e a liberdade de expressão

Aproveito um post no MENS AGIT MOLEM
para vos propor que dêem opinião sobre o assunto em discussão.
Quer aqui, quer lá.


"devem os blogues ser legislativamente regulados? Há verdadeira liberdade de expressão na blogosfera? Devem os bloggers (ser responsabilizados) pelo conteúdo dos seus blogues?" in
MENS AGIT MOLEM

13 comentários:

Paulo Figueiredo disse...

a partir do dia que forem legislativamente regulados, perdem a razão e existir!!

Cristina disse...

Por enquanto ainda temos essa liberdade de expressão aqui no blogger, no MSN spaces já não existe á muito tempo.

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

ora aqui está uma questão sobre a qual ainda não me debrucei...
Bjx

Raquel V. disse...

A legislação seria "apenas" a que já existe para a comunicação social... Não vejo em que é que nos prejudicaria assim tanto...

Mocho Falante disse...

Acho que acabaria toda a essência da Blogoesfera

Zecatelhado disse...

Na minha opinião a pergunta não tem razão de ser nem sentido algum. REGULADOS???!!! Porquê, para quê e por quem?
Uma completa idiotice.

Um @bração do
Zecatelhado

Alien David Sousa disse...

E que mais? Tomarem banho todos os dias. Fazerem a barba - os Blogs masculinos - e a depilação os femininos? Usarem desodorizante? Que mais? Vestirem sempre fato formal, tipo enterros?
Ai, ai, ai... falem a sério.

maresia disse...

eh pah, para ser sincera estou um bocadinho farta da liberdade de expressão.....

OrCa disse...

Se me é permitida uma boca a dar para o anarca, eu diria que "regulado" nesta fase da minha vida, já não faz sentido nenhum, primeiro por questões de idade, claro, pois já me habituei a regular o que tinha a regular e, depois, porque felizmente ainda não sinto necessidade de muletas de qualquer espécie, principalmente das mentais...

Agora, que eu tenha de me regular a mim mesmo, é um imperativo... ou, melhor, um mal necessário a que não vejo jeitos de fugir. Já o ser regulado "de fora"... Nã! Não me está a apetecer mesmo nada.

E no que toca aos blogs, lá vai a graça toda desta coisada para o galheiro! Ficava um espécie de lar para blogs... :)

Regulação, vade retro!

Raquel V. disse...

Será que estamos mesmo a ver a realidade da situação...?
Penso que não.

No Mens Agii Molem, alguns comentários são bastante interessantes...

E a verdade é que um blog hoje em dia não é assim tão isento de legislação, ou não existiriam as possibilidades de queixa de blogs, blogs que se desvaneceram (como o "muito mentiroso") e blogs que já foram a tribunal.

A legislação vai acabar por ser uma realidade.

Confundir o nosso bom senso, com o péssimo senso de outros é que talvez nos iluda...

Cristina disse...

Passei para te desejar um Carnaval muito divertido
:)
Beijinhuu

Tetracloro disse...

Acho que o cyberespaço não deve ser regulado. Devemos ter a possibilidade de poder escolher o que lemos sem proibições.

A liberdade de expressão tráz responsabilidade e bom senso. Energúmenos sempre houve e sempre haverá.

Se eu publico textos na florida a falar mal de pessoas de Portugal, fico submetido a que leis ? Portuguesas ou Americanas ? E se arranjar um servidor em katmandu ?

Dilbert disse...

Oi Raquel :)
Aqui está um questão para a qual ainda não tenho opinião formada... se bem que seja desejável termos um espaço pleno de liberdade, infelizmente não podemos contar com a plena responsabilidade de todos para dela usufruir... e é sempre com os abusos que surge a necessidade da regulamentação... infelizmente... :S
Jinhuuus