Peregrinar neste blogue

2006-01-18

Vejam só isto...!!!! Stella Awards

Difícil de acreditar, mas... é a justiça à americana.
O Stella Awards é um prémio conferido anualmente aos casos mais bizarros de processos judiciais nos Estados Unidos. O prémio tem este nome em homenagem a Stella Liebeck, que derrubou café quente no colo e processou, com sucesso, o McDonald's, recebendo quase 3 milhões de dólares de indemnização. Desde então, o Stella Awards existe como uma instituição independente, publicando - e "premiando"- os casos de maior abuso do já folclórico sistema judicial norte-americano.
Este ano, os vencedores foram:
5º. lugar (empatado): Kathleen Robertson, de Austin, Texas, recebeu 780.000,00 US$ de indemnização de uma loja de móveis, por ter quebrado o tornozelo ao tropeçar numa criancinha que corria solta pela loja. A criança descontrolada em questão era o próprio filho da sra. Robertson.
5º. lugar (empatado): Terrence Dickinson, de Bristol, Pennsylvania, estava saindo pela garagem de uma casa que tinha acabado de roubar. Ele não conseguiu abrir a porta da garagem, porque a automação estava com defeito. Não conseguiu entrar de volta na casa porque a porta já se tinha fechado por dentro. A família estava de férias e o sr. Dickinson ficou trancado na garagem por oito dias, comendo comida de cão. Ele processou o proprietário da casa, alegando que a situação lhe causou profunda angústia mental. Recebeu 500.000,00 US$.
Resumindo, passemos para o 1º prémio que é digno de se ler:
1o. lugar: O grande vencedor do ano foi o sr. Merv Grazinski, de Oklahoma City, Oklahoma. O sr. Grazinski tinha acabado de comprar um Crysler Motorhome Winnebago automático e regressava sozinho de um jogo de futebol. Na estrada, ele activou o control cruiser do carro para 100 km/h, abandonou o banco do motorista e foi para a traseira do veículo preparar um café. Como era de esperar, o veículo saiu da estrada, bateu e capotou. O sr. Grazinski processou a Crysler por não explicar no manual que o control cruiser não permitia que o motorista abandonasse o volante. O júri concedeu a indemnização de 1.750.000,00 US$, mais um novo Motorhome Winnebago. A construtora mudou todos os manuais de proprietário a partir deste processo, para o caso de algum outro retardado mental comprar os seus carros.
E esta, hein...???

6 comentários:

lince disse...

Eu acho muito bem estes tipos de penalização por parte dos tribunais americanos. Já que no país não há um bom sistema de segurança social, só posso concordar com a forma divertida que eles encontraram para ajudar os portadores, de alguns tipos, de deficiência mental. Cada um tem aquilo que merece, parece-me justo:D

Cristina disse...

Kalinka,
Estes casos e outros são uma vergonha! Só mesmo nos EUA!

Pitucha disse...

Que coisas fantásticas! Tenho que admitir que sorri, mas, pensando bem, isto é muito triste...
Beijos

Isabel-F. disse...

...hahahaha....

parecem anedotas...dificil de acreditar.

Gostei Kalinka.
Bjs

Raquel V. disse...

Oh pra mim a fazer as malas!

Dilbert disse...

Epá Kalinka, só nós cá é que não conseguimos processar os responsáveis pelos buracos nas estradas, pontes que caem, etc...
Não há dúvida, o que uns têm a mais, têm outros a menos :S