Peregrinar neste blogue

2007-03-24

Ciclo Lições de Gestão - IV

E cá vai a 4ª lição! ;) Espero que gostem

Lição Nº 4 - Motivação
Em África todas as manhãs uma gazela acordava sabendo que ela deveria
conseguir correr mais do que o leão se se quisesse manter viva. Todas
as manhãs o leão acordava sabendo que deveria correr mais do que a
gazela se não quisesse morrer de fome.

Moral da História:
Não faz diferença se você é gazela ou leão, quando o sol nascer
deverá começar a correr.

9 comentários:

MRelvas disse...

Bonito!
Com um abraço
------------

Já sinto a falta
Da vossa companhia,
Da vossa amizade nata,
Da vossa sabedoria.


Parto em descanso
Bem acompanhado
Eu e mulher, só
Coesos no amor.


Fica o Bruno filho
Na Apúlia, com amor,
Sempre aquele brilho
De um especial calor
Carente de amor.




Depois de oito dias
Aqui trarei,espero, alegrias!




Mário Relvas


25 de Março 2007

Jo disse...

Caro/a amigo/a venho lembrar o próximo jantar da Primavera dos bloguistas que se realizará
no dia 14 de Abril no restaurante do clube nacional de ginástica da Parede (antigo rádio clube).
Para se inscreverem acedam a: “momentos de luar” , “klepsidra” ou “recordações de um baú”
onde serão encaminhados para “os convivas do cotume”.
Vamos lá que a mesa está posta a contar contigo e vais ter uma surpresa!...
Abraços, até lá.

augustoM disse...

E o que é a vida se não uma corrida com fim inderterminado.
Um abraço. Augusto

Pe. Vítor Magalhães disse...

O ESFORÇO TEM DE SER DE TODOS,...

Pepe Luigi disse...

Eu diria Isabel,
O Sol quando nasce é para todos, assim todos o saibamos tomar!

Um beijinho
do Pepe.

Tulipa Negra disse...

Alguém me revela um segredo ?Porque é que há crianças que estudam constantemente sem que pareça custar-lhes muito, e outros, pelo contrário, não há maneira de o fazerem, ainda que os castiguem, e que se lhes fale claramente, serenamente, das consequências que a sua preguiça lhes vai trazer?
Bom, hoje já não estudo mais, vou dormir que o meu mal é sono.
Beijos a todos e boa noite

Rui Luís Lima disse...

olá

se gostas de cinema vem visitar-nos em

www.paixoesedesejos.blogspot.com

todos os dias falamos de um filme diferente

paula e rui lima

Beatriz disse...

Pois, o complicado é encontrar o impulso para correr, especialmente encontrá-lo dentro de nós sem estímulos exteriores como o guito ou estar a desempenhar uma função que se adore :)
Tenho extrema admiração pelos profissionais que vivem cada objectivo como se fosse a coisa mais importante que existe à face da Terra. Recentemente vi-me numa situação em que havia necessidade de arrumar uma sala para uma reunião ! Como era Sabado não tinhamos o pessoal da empresa de limpeza. O meu chefinho assim que soube, arregaçou as mangas, agarrou num pano do pó e no spray e deitou mãos à obra. Escusado será dizer que todos nós lhe seguimos o exemplo.
Um dia quero ser assim e provocar noutros este efeito motivador que ele nos transmite.
Bjs
Nota: só para que conste não estou a dar graxa pois, tanto quanto sei ele não lê este blog :)

Dilbert disse...

Na maioria das pessoas, os factores que as motivam encontram-se nos desejos humanos como o reconhecimento, o apreço, o estar ocupado com coisas que fazem sentido, etc. Motivar é de facto complicado, por isso copiei para este comentário algumas dicas para ter em conta na motivação de uma equipa:
* Deixe os seus colaboradores determinarem como fazer o seu trabalho. Não rejeite propostas para uma nova abordagem sem mais nem menos. Mostre-se receptivo.
* Encoraje as pessoas a tomarem responsabilidades. Mostre-lhes que aprecia quando alguém se encarrega de uma tarefa..
* Tenha uma atitude positiva em relação à interacção social e ao trabalho de equipa.
* Mantenha as pessoas informadas sempre que possível.
* As incertezas podem desmotivar a sua equipa.
* Tolere os erros das pessoas quando ainda não dominam totalmente uma tarefa ou uma função.
* Tenha tempo para uma pequena conversa em vez de se limitar a dar o bom dia.
* Dê aos seus trabalhadores objectivos e desafios concretos, refira-se a eles durante reuniões de trabalho e mostre que as pessoas fizeram progressos.
* Encoraje as pessoas regularmente e mostre-lhes o seu apreço.
* Respeite as suas combinações e promessas e, sobretudo, não as faça sem saber que as pode cumprir.
* Defenda a sua equipa. Em caso de conflito, ouça sempre a versão dos seus colaboradores antes de se pronunciar.
* Não espere a reunião anual de avaliação para discutir o empenho de cada um.
* Deixe as pessoas falar sobre o que as motiva e escute-as com atenção.
Beijokas grandes